Câmara de Nova Crixás aceita denúncia que pode cassar prefeito

Cidadão fez denúncia por gestor ignorar requerimentos da Casa de Leis

135

A Câmara municipal de Nova Crixás aprovou denúncia que pode cassar o prefeito da cidade, Lázaro Valdivino da Silva, o Paraíba da Farmácia (Patriota), na noite de segunda-feira (13). A reclamação foi feita à Casa por Josimar Costa de Souza, cidadão da cidade.

Josimar fez a denúncia, uma vez que o prefeito da cidade teria ignorado dois requerimentos, ambos em 24 de fevereiro e aprovados no dia seguinte, na Câmara. O primeiro solicitava todos os contratos da Educação e Saúde, de 1 de janeiro até 24 de fevereiro.

Já o segundo, solicitava a documentação de um processo de contratação de uma empresa de roçagem. Em nenhum dos dois casos, segundo exposto, o prefeito se posicionou, apesar de ter 15 dias de prazo. “Tal inércia do prefeito demonstra verdadeiro descaso com essa Câmara, cuja uma das suas principais funções é a de fiscalizar os atos praticados pelo gestor do executivo municipal”, escreve na denúncia.

O Mais Goiás ligou para a prefeitura de Nova Crixás, que repassou o contato do assessor jurídico. Este, contudo, não atendeu as ligações do portal.

Trâmite

Com o aceite da Casa, o próximo passo é a notificação do prefeito. Depois disso, o gestor apresenta a defesa e a comissão processante que analisa o caso faz relatório  para dar continuidade ou não. Caso haja continuidade, testemunhas são ouvidas e são colhidas novas provas para emissão de novo relatório. Depois vota-se pela cassação.

Fonte:  Mais Goiás

Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

× Sugestão de pauta ou denúncias!