Polícia Civil prende sobrinho por maus tratos a idosa de 83 anos, em Barro Alto

627

A Polícia Civil de Goiás prendeu ontem (06), após denúncia de familiares da vítima, suspeito de maus tratos a idosa. Os policiais civis constaram que a idosa estava vivendo em condições desumanas e degradantes: em um barraco no fundo da casa, sem janelas, sem banheiro e com um mal cheiro insuportável. No local haviam vasilhas que eram utilizadas tanto para alimentação, quanto para excreção.

Os denunciantes disseram que há aproximadamente um ano o investigado, que sempre teve muito contato com a vítima, passou a ser o responsável por ela. No entanto, retirou a tia da casa dela e a colocou em um barraco no fundo do lote. Impedia que os familiares visitassem a vítima. Relataram ainda que a vítima tinha boa situação financeira, mas o suspeito se apropriou da aposentadoria dela e paga prestação de um lote para ele no valor de R$ 500,00 por mês.

O investigado, sobrinho da vítima e responsável pelos cuidados da idosa, em seu interrogatório, informou que há um ano assumiu os cuidados da idosa. Negou os maus tratos, disse que sempre cuidou bem da tia. Afirmou ainda que colocou a idosa no barraco do fundo provisoriamente, até o término da reforma da casa principal. Em relação à aposentadoria da idosa, informou que recebia o benefício e utilizava em prol da tia. Confirmou que paga a prestação de um lote com o dinheiro da aposentadoria, pois a tia lhe presentou como forma de agradecimento.

A delegada responsável pelo caso, Poliana Bergamo, informou que o suspeito responderá pelos crimes previstos nos arts. 99 e 102 do Estatuto do Idoso, qual seja, de maus tratos e apropriação/desvio de bens, proventos, pensão ou qualquer outro rendimento do idoso. Se condenado, poderá pegar uma pena de até 05 anos de prisão. *Com a informação da PCGO.

Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

× Sugestão de pauta ou denúncias!