Governo de Goiás compra mais 50 respiradores e recebe doação de outros cinco da Enel

Objetivo é ampliar leitos de UTI para Covid-19. Os aparelhos já estão em Goiânia e a distribuição dos ventiladores seguirá critérios técnicos, conforme demanda estabelecida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO)

69

Com total segurança e transparência no processo de compra, o Governo de Goiás adquiriu mais 50 respiradores para equipar e abrir novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos Hospitais de Campanhas (HCamp) e demais unidades que têm alas exclusivas para a Covid-19 no Estado. Além destes, a Enel também fez a doação de outros cinco aparelhos adquiridos do mesmo fornecedor. Os equipamentos já estão em Goiânia e chegam, na tarde desta sexta-feira, dia 07, ao almoxarifado da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Como a Covid-19 é uma doença respiratória, os equipamentos adquiridos pelo Estado são essenciais para garantir a assistência aos pacientes com o quadro mais grave da doença. Os respiradores são de um fabricante italiano que, após o controle local da pandemia, iniciou a venda do excedente de produção para outros países. Contando toda a logística com transporte e escolta dos equipamentos, o governo estadual investiu R$ 82.489,80 por unidade adquirida – totalizando R$ 3.491.218,75 aplicados na aquisição dos 50 respiradores.

A distribuição dos ventiladores pulmonares deve seguir critérios técnicos, conforme demanda estabelecida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO).

Processo de compra

A aquisição dos respiradores foi monitorada pelo Comitê Intersecretarial, criado pelo governador Ronaldo Caiado para acompanhar processos de compra ou contratações no período de emergência em saúde pública. O grupo possui representantes da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), Controladoria-Geral do Estado (CGE), Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-GO) e Procuradoria-Geral do Estado (PGE).

Segundo o Comitê Intersecretarial, o primeiro chamamento público para coleta de preços dos respiradores foi publicado em 16 de abril. Na ocasião, 12 propostas passaram por análise e somente uma delas atendeu às especificações técnicas solicitadas. Porém, o prazo de entrega era extenso – 180 dias –, o que tornou inviável a conclusão da compra devido à urgência dos equipamentos.

Em novo chamamento, publicado no dia 12 de maio, dois fornecedores se encaixaram nos requisitos: a Camera Di Commercio Italo Brasiliana, que apresentou os aparelhos da fábrica italiana Siare Engineering International Group s.r.l., e a Belog Brasil. As duas se comprometeram em entregar os equipamentos quase que de forma imediata. O critério menor preço foi decisivo para fechar o contrato, já que a concorrente pediu R$ 118 mil por cada respirador.

Para reforçar a segurança no processo de aquisição e entrega dos ventiladores pulmonares, a SSP-GO realizou uma pesquisa sobre a empresa, junto ao Consulado e à Polícia Italiana. Tal levantamento apontou que não há nada que desabone a empresa.

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

× Sugestão de pauta ou denúncias!