Aneel permite corte de energia elétrica por falta de pagamento a partir deste sábado

179

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a revisão da Resolução Normativa nº 878/2020. Essa norma estabelece um conjunto de medidas para garantir a continuidade do serviço de distribuição de energia e a proteção de consumidores e funcionários das concessionárias em meio ao cenário de pandemia da Covid-19.

A partir deste sábado (1º), volta a ser permitido o corte de energia por falta de pagamento para consumidores residenciais e comerciais e, desde que os consumidores sejam avisados com antecedência. A ANEEL decidiu também manter a proibição de cortes de energia para os seguintes casos até o dia 31 de dezembro de 2020:

• Consumidores de baixa renda;
• Unidades que deixaram de receber a fatura impressa sem autorização do consumidor;
• Aqueles em locais sem postos de arrecadação em funcionamento (como bancos e lotéricas, por exemplo).
• Unidades onde morem pessoas que dependam de equipamentos elétricos essenciais à preservação da vida.

A Enel possibilitará, até 30 de setembro, o parcelamento dos boletos em até dez vezes. No início da pandemia do coronavírus, o parcelamento passou a ser estabelecido com 13% do valor pagos como entrada e o restante em sete vezes. Agora, será possível negociar da seguinte forma, 10% do montante da dívida como entrada e o restante parcelado em 10 vezes.

A renegociação está sujeita a juros e taxas correspondentes ao tempo de inadimplência do consumidor. O consumidor deve entrar em contato com a Enel (por meio de seus canais de atendimento) para que os detalhes da renegociação fiquem claros para ambas as partes.

Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

× Sugestão de pauta ou denúncias!