2ª Promotoria de Ceres investiga possível irregularidade na alienação de bens móveis municipais

62

O Ministério Público de Goiás (MP-GO), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Ceres, instaurou nesta quarta-feira (1º/7) inquérito civil público para apurar possível irregularidade na realização de leilão de bens municipais. Segundo denúncia repassada à promotoria, o município de Ceres teria alienado diversos bens móveis de valores significativos, mas supostamente subavaliados, sem possuir autorização legislativa para o ato e com graves violações aos princípios da publicidade, da legalidade, da moralidade, da eficiência, entre outros.

Na portaria de instauração do inquérito, o promotor Marcos Alberto Rios destacou a necessidade de se complementar as informações colhidas até o momento, com a finalidade de delimitar o objeto investigado, antes de se proceder ao ajuizamento de ação civil pública e ações criminais, caso necessário. Desse modo, foi requisitada, através de ofício, cópia integral de toda a documentação referente às alienações, desde a autorização do Legislativo, se houver, bem como a exposição de motivos, os editais e comprovantes de sua publicação e a listagem completa dos bens alienados, contendo o nome dos arrematantes e os valores pelos quais acabaram sendo negociados.

*Com a informação comunicação social do MP-GO 

Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

× Sugestão de pauta ou denúncias!